coinBR agora é Stratum

Ganhe Bitcoin

Stratum CoinBR - Exchange para comprar e vender Bitcoin no BrasilEm 2018 a coinBR realizou a fusão junto à Stratum, um fundo de venture capital com sede em Hong Kong. A mudança visa ampliar internacionalmente os serviços prestados pela empresa.

A partir da noite desta terça-feira (3), o site da coinBR terá outro domínio, a plataforma coinbr.io & coinbr.net será migrado para stratum.hk.

Portanto, todos os acessos aos links coinBR serão redirecionados para o nosso novo domínio.

Não se preocupe! A SmartWallet, assim como demais funcionalidades, continuarão operando da mesma forma. A mudança é somente no endereço.

Fique atento: em breve serão lançadas mais novidades!

O que é Ethereum?

Ganhe Bitcoin

Logotipo Ethereum

Ethereum é uma plataforma descentralizada para rodar contratos inteligentes. Em outras palavras, é um software que utiliza um protocolo peer to peer e blockchain para registrar suas transações. Ao usar o blockchain, ele garante que as transações são únicas, imutáveis e que vão estar em uma rede de servidores distribuídos.

Cada servidor, pode ser até mesmo o seu computador, armazena os informações em um banco de dados guardando os registros em máquinas distribuídas no mundo todo.

Você já deve ter ouvido de Bitcoin, certo? O Bitcoin é conhecido como uma moeda virtual, mas também é uma arquitetura de software P2P (peer to peer). Sua arquitetura é complexa e incrível, mas vou tentar explicar de maneira simples para facilitar as coisas. Imagine que ao instalar o software do Bitcoin ele vai buscar na Internet outra instalação para que ele possa atualizar os dados.

Esses dados são os registros que foram realizados, e a isso chamamos de livro registro ou cadeia de blocos (Blockchain). Então, assim que ele encontra outra instalação confiável, ele começa a fazer o download dos blocos para o local da instalação – nesse caso, sua máquina.

Mas o que são esses dados no Blockchain? São transações únicas e imutáveis realizadas entre endereços na Internet, e essas transações, no caso do Bitcoin, têm a representação de uma moeda – pelo menos foi isto que os criadores desejaram ser na sua criação: uma plataforma para envio de dinheiro sem intermediadores, ou seja, descentralizada.

E desde a sua criação, o Bitcoin vem se mostrando como uma aplicação à prova de fraudes, não existe nenhum registro de violação dos dados armazenados no Blockchain. No white paper a seguir, isso fica mais claro, já que a forma como sua arquitetura foi desenhada dificulta que os dados sejam violados.

E durante a evolução do Bitcoin, surgiu o Ethereum, uma plataforma com a arquitetura base do Bitcoin, mas com algumas funcionalidades extras, e a principal delas é a capacidade de interpretar regras de negócios e transformá-las em transações no Blockchain.

Com o Ethereum é possível classes com regras definidas em uma base de dados que não pode ser alterada em uma rede distribuída. Ou seja, aquilo que foi escrito não pode ser mais alterado uma vez armazenado. Podemos criar soluções nas quais não existe a intermediação de humanos. Sendo assim, o Ethereum possibilitou a tokenização de outros ativos além de uma moeda. Pensem que agora podemos digitalizar em uma rede distribuída e garantir a unicidade de uma música, imóvel, ações de uma empresa, contratos, livros, etc.

Como funciona o Blockchain do Ethereum e quais as diferenças e vantagens em relação ao Bitcoin?

Bitcoin e Ethereum são plataformas que rodam um protocolo peer to peer e também armazenam os dados em um Blockchain. A principal diferença é que o Ethereum utiliza a EVM, possibilitando a criação de transações baseadas em regras de negócios, que chamamos de Smart Contracts. Enquanto o Bitcoin foi criado para ser uma moeda, o Ethereum foi criado para poder digitalizar qualquer ativo, como um automóvel, casa, empresa, um contrato de prestação de serviços etc.

O que é O Ether?

O Ether é o token que roda na rede Ethereum. Tudo que é executado na rede é pago através de Ether, e o nome que foi dado a essa taxa é Gas. É através desse gas que mantemos a rede rodando, e é isso que incentiva que outras pessoas possam processar nossas transações em suas máquinas para que elas se tornem válidas no Blockchain.

Inovação do Ethereum

Anos atrás, o próprio Bitcoin era visto como uma moeda para meios ilegais, e hoje percebemos a quantidade de benefícios que não só ele, mas a tecnologia pode nos fornecer. Nosso papel agora é pensar em aplicações nas quais todos possam ganhar de forma justa e transparente, em um novo mundo mais horizontal e com menos corrupção, no qual os poderes possam ser descentralizados.

Estamos em um novo momento para criar as mesmas ferramentas existentes, mas em uma arquitetura Blockchain. Exemplos disso são o arcade.city, que é o “Uber”, e também a paratii.video, que é novo “YouTube” – ambos são aplicações descentralizadas.

Por que não criar seguros, bancos, companhias de músicas, reservas de hospedagens, doações, logísticas, registro de imóveis, músicas, livros etc.? Ou seja, estamos presenciando uma nova oportunidade de criar novos produtos em uma nova Internet de valor que é o Blockchain.

Boa sorte no mundo das Criptomoedas e do Blockchain!

Comparador de Preços de Bitcoin entre Exchanges

Ganhe Bitcoin

Comprar e Venda de Bitcoin no Brasil

Se você quiser Comprar Bitcoin vai perceber que o valor para compra é diferente entre as Corretoras (Exchanges). Essa diferença de preços de cotação de Bitcoin é meio óbvia e simples: Livre Mercado. Cada corretora pode cobrar taxas para fazer a conversão de Reais para Bitcoin, assim como converter Reais para Dólar em casas de câmbio.

Para ajudar os investidores o site Biscoint.io criou uma ferramenta para encontrar o melhor preço de Bitcoin em Brasil. A comparação é feita em tempo real, listando os melhores preços efetivos nas maiores corretoras de Bitcoin de Brasil, considerando as taxas.

Para acessar o comparado de preços de Bitcoin acesse o link https://biscoint.io

No site você pode pesquisar os preços para Vender Bitcoin e também para Comprar Bitcoin.

Dica: Um bom site que mostra o volume de negociação e preço do Bitcoin em cada uma das corretoras é o bitValorhttp://bitvalor.com e também pode ser usado com fonte de informação.

15 motivos para usar Bitcoins

Ganhe Bitcoin

Motivos para usar Bitcoin e Criptomoedas

Você já usa Bitcoin?
Veja os motivos para você começar a Investir e Usar Bitcoin e outras Criptomoedas:

  1. As transações são mais rápidas que outros meios digitais;
  2. As transações são mais baratas do que pagamentos que exigem a intermediação de bancos ou de operadoras de cartão de crédito;
  3. Você mantém os seus próprios Bitcoins, sem precisar confiar em bancos ou governos;
  4. Você garante a sua privacidade dos seus dados pessoais;
  5. Criminosos não tem como roubar as suas informações de pagamento;
  6. Não é uma moeda inflacionária, portanto ela valoriza com o tempo;
  7. Você não precisa confiar em governos ou bancos para que o sistema dê certo;
  8. A segurança da rede é feita pelo poder computacional dos mineradores e pelo registro público Blockchain. É impossível hackear o sistema e é fácil de verificar se ele está funcionando 24h por dia;
  9. Cada vez mais pessoas estão usando, aumentando a valorização e o efeito libertador de rede;
  10. É possível criar uma carteira de Bitcoins sozinho e em poucos segundos, sem precisar entregar suas informações para desconhecidos;
  11. A cada dia que passa, a procura pelo Bitcoin aumenta;
  12. De acordo com o Google Trends, o aumento da quantidade de pesquisas relacionadas com Bitcoins é constante. Da mesma forma, a base de usuários dobra a cada 12 meses;
  13. Já existem 1084 caixas automáticos de Bitcoins no mundo e em 56 países diferentes, mais do que o dobro do que havia no começo de 2016;
  14. Brasil é o 4º maior mercado de Bitcoin do mundo em volume negociado, o negócio está acontecendo, se você ainda não tem Bitcoin, em breve vai ter;
  15. É provável que, a menos que ocorra algum evento extraordinário, a moeda continue sendo adotada cada vez mais nos próximos anos, seja para comércio, especulação ou reserva de valor.
  16. (BÔNUS) Países como Alemanha, Austrália e Japão já reconheceram o Bitcoin como meio de pagamento oficial, assim como dinheiro e cartões de crédito/débito.

Reportagem no Fantástico sobre Bitcoins 25/03/2018

Ganhe Bitcoin

Vídeo Bitcoin Fantástico - 25/03/2018Já vai se acostumando, pois em breve quando você fazer uma comprar o caixa vai perguntar: Gostaria de pagar com Dinheiro, Cartão ou Criptomoeda?

Matéria apresentada pelo Fantástico no domingo, dia 25 de março de 2018, falou novamente sobre o Bitcoin e Criptomoedas. Algo que só era difundido pelos mais íntimos de tecnologia e internet, agora está se popularizando e você vai ter um carteira de Bitcoins e outras Criptomoedas muito em breve.

A moeda que valorizou mais de 1500% só em 2017 está fazendo uma revolução no setor financeiro, pois o Bitcoin também é dinheiro, assim como o real ou o dólar. A principal diferença é que não tem banco central ou governo ligados ao Bitcoin e que é 100% virtual, ou seja, só tem um jeito de comprar, vender e transferir: pela internet.

Confira o vídeo com a matéria completa

Quer saber mais como Investir e Lucrar com Bitcoins? Assista ao vídeo abaixo

Gostei! Quero começar a Inverstir! Pode me ajudar?
Sim! Clica aqui e te explico mais via chat no Whatsapp.

Ranking das 12 criptomoedas para não investir

Ganhe Bitcoin

Piores criptomoedas para investirA agência independente norte-americana Weiss Ratings classificou as principais moedas digitais, criando um ranking de criptomoedas para destacar a potência e confiabilidade das ofertas existentes no mercado digital.

Segundo publicação da Weiss, os investidores devem ter cuidado com as moedas digitais: os investimentos devem ser baixos. Por mais promissoras e propostas revolucionárias que uma moeda pode ser, as chances de surgir uma “Nova Bitcoin” ainda são baixas.

Para classificar o “potencial” das criptomoedas, foram atribuídas notas de A até E, sendo “A” muito forte e “E” muito fraco. Segue abaixo o ranking das 10 piores criptomoedas para você investir, segundo a Agência de Risco Weiss Ratings:

Os 12 piores investimentos em criptomoedas (2018 Q1) em ordem decrescente

  • Auraracoin (D-)
  • Gulden (D-)
  • PotCoin (D-)
  • Rise (D-)
  • Electroneum (E+)
  • Expanse (E)
  • Novacoin (E)
  • Matchpool (E)
  • Quark (E-)
  • SaluS (E-)
  • Magacoin (E-)
  • Comet (E-)

Uma informação importante de lembrar é que a Weiss não lista todas as criptomoedas, logo, essa lista representa as mais fracas dentro das que eles avaliam.

Em janeiro, quando a agência iniciou as primeiras classificações, o Bitcoin recebeu nota C+, ficando atrás de 6 outras criptomoedas, que receberam B+ e B-. Nenhuma recebeu A na época.

Nesta última avaliação, entretanto, o Bitcoin subiu de C+ para B-, embora continue atrás de algumas criptomoedas, como a NEO, por exemplo, que é a única da lista com nota A.

A lista completa do Rankink das melhores e piores moedas digitais é divulgado apenas para assinantes dos relatórios da agência Weiss Ratings.

Acompanhe nossas publicações e em breve estaremos divulgando o Ranking atualizado das piores criptomoedas para investimentos.

Mineração de Bitcoin é pirâmide?

Ganhe Bitcoin

Mineração de Bitcoin e Altcoins

O Bitcoin é dinheiro, assim como o Real, Dólar Euro, etc… e atualmente já é reconhecido como meio de pagamento em vários países, podendo ser usado como moeda de troca para entrar em esquemas fraudulentos. O problema não está no Bitcoin, mas nas pessoas e empresas desonestas que buscam obter vantagens diante da falta de informação das pessoas

No passado, o VOIP (na TelexFree) e o armazenamento em Cloud (Eternyon, Wings Network, etc) foram usados em esquemas PONZI (pirâmide financeira), mas isso não significa que todos os serviços de VOIP ou Cloud são esquema fraudulentos. O problema está na promessa de ficar rico sem precisar fazer nada ou somente recrutando novos investidores, sem entregar algo de valor e que possa ser usado de forma real no dia a dia.

Com o passar dos anos novas tecnologias vão surgindo e os esquemas fique rico rápido vão se inovando também. A maior parte aceita Bitcoins ou inventa mentiras, como por exemplo, dizer que fazem trading, outros falam que usam mineração de Bitcoins. Em alguns casos inventam uma criptomoeda que não tem valor no mercado ou que não existe.

Os novos Esquemas Ponzi ou Esquemas em Pirâmide estão se aproveitando de algumas das vantagens do Bitcoin, como o anonimato, para enganar as vítimas e promovendo fraudes. Torna-se muito mais difícil para as autoridades e a probabilidade das vítimas recuperarem o dinheiro é nula.

Devido ao sucesso do Bitcoin nos últimos anos, além da possibilidade de usar para comprar praticamente qualquer coisa, ele está sendo amplamente usado por investidores para obter lucros com sua valorização. Cada Bitcoin vale uma pequena fortuna e por isso, facilitando atrair vítimas em esquemas de fique rico rápido, interessadas em ganhar dinheiro online a qualquer custo, mesmo sabendo que estarão prejudicando outras pessoas.

O Bitcoin NÂO É FRAUDE, é uma criptomoeda reconhecida por vários países. No entanto, prometer duplicar ou triplicar o dinheiro, sem haver uma maneira real de conseguir isso, pode ser uma possível fraude.

A Mineração de Bitcoin também NÃO É FRAUDE, trata-se de uma atividade legal e muito lucrativa, principalmente em países aonde a energia elétrica é barata como na China, Irlanda e no Paraguai. Já no Brasil, fazer mineração de criptomoedas como o Bitcoin não é tão vantajoso e lucrativo, o alto custo da energia elétrica e as altas taxas de impostos sobre os equipamentos de mineração tornam a atividade inviável em nosso país.

Para aproveitar a oportunidade de mineração de Bitcoin, brasileiros estão montando FARMS (fazendas de mineração) de criptomoedas no Paraguai, aonde a atividade é bastante lucrativa e incentivada pelo governo local. Veja no vídeo abaixo:

Ver no YouTube https://youtu.be/rOpC08-Aams

Para expandir os seus negócios as Mineradora de Bitcoin vendem contratos de mineração. Esses contratos de mineração são locação de máquinas ou fração (Mineração Compartilhada) de HASH POWER (poder de mineração), que geram lucros minerando vários tipos de criptomoedas. Após um determinado período, o investidor recebe o rendimento dessa mineração, pagando somente uma taxa de manutenção do equipamento e energia elétrica consumida.

Os contratos de mineração são muito lucrativo para as Mineradoras de Bitcoin, pois ao vender um contrato elas já pagam o custo do equipamento e após terminar o contrato o cliente ele pode renovar o mesmo, agora com a máquina já paga os lucros são maiores, sendo assim, uma atividade muito lucrativa ao médio e longo prazo para os donos de Mineradoras de Criptomoedas.

Quando for investir em contratos de Mineração de Bitcoin ou Mineração Compartilhada, sempre busque informação com pessoas conhecidas (amigos de confiança, familiares) que já conhecem o mercado e idoneidade de empresas sérias. Todo o cuidado é pouco, porque atualmente é muito fácil criar uma fraude com Bitcoins, bastam alguns minutos na internet para encontrar vários esquemas.

Documentário NETFLIX: Banco ou Bitcoin (Legendado em Português)

Ganhe Bitcoin

Documentário Netflix: Banco ou Bitcoin 2017
Se você está considerando se deve ou não investir em Bitcoin, o mais importante é começar de maneira correta: buscando informações sobre a tecnologia que deu origem a moeda digital que vai influenciar a economia do século 21.

Quase 1h30 contando tudo, desde a criação até o futuro da moeda que para uns ainda á algo inimaginável, e para outros uma revolução tecnológica e de infra-estrutura financeira.

Banco ou Bitcoin aborda a história do Bitcoin com muitas entrevistas de investidores, programadores/inventores e curiosos sobre a moeda.


Acompanhe mais notícias e novidades sobre o Bitcoin, Ethereum, Altcoins e Blockchain em nossas redes sociais:
https://facebook.com/Minerabits
https://instagram.com/Minerabits
https://twitter.com/Minerabits
https://minerabits.com/youtube

TOP Livros de Educação Financeira

Ganhe Bitcoin

TOP livros de educação financeira

Sem educação financeira é muito difícil conseguir ganhar dinheiro, guardá-lo e multiplicá-lo de forma contínua. Mais que uma atitude ou mero planejamento financeiro, a educação financeira é a preparação de uma mentalidade e um conjunto de ações como cortar gastos, investir, multiplicar ganhos, acumular riqueza.

O primeiro passo ter Educação Financeira é preparar a sua mentalidade. Alimente suas ideias e pensamentos com informação de qualidade – leia livros, não peça opinião sobre dinheiro para o seu amigo ou vizinho quebrado.

Seque a lista dos TOP Livros para treinar sua mente e criar a base da sua Educação Financeira:

1 – Pai Rico, Pai Pobre (Robert Kiyosaki)
2 – Pense e Enriqueç ou Quem Pensa Enriquece (Napoleon Hill)
3 – O Homem Mais Rico da Babilônia (George S. Clason)
4 – Os Segredos da Mente Milionária (T. Harv Eker)
5 – Casais Inteligentes Enriquecem Juntos (Gustavo Cerbasi)

Qual sua indicação de leitura para desenvolver uma Educação Financeira?

Facebook proíbe anúncios de Bitcoin e outras Criptomoedas

Ganhe Bitcoin

Facebook proíbe anúncios de Bitcoin e Criptomoedas

Assim como o dinheiro tradicional que estamos acostumados a usar, o Bitcoin e outras Criptomoedas também não estão livres de golpes que “prometem” altos rendimentos em pouco tempo. Uma das ferramentas mais usadas para a divulgação são anúncios no Google e Facebook. Mas essa prática está obrigando as redes sociais mudarem suas políticas de publicidades para protegerem seus usuários.

O Facebook atualizou o artigo da lista de políticas de proibição adicionando a proibição de anúncios às criptomoedas. O texto do artigo diz: “Anúncios não poderão promover produtos e serviços financeiros que estejam frequentemente associados a práticas promocionais enganadoras ou obscuras, tais como opções binárias, ofertas iniciais de moeda (ICOs), ou criptomoedas”.

Bitcoin e outras criptomoedas não poderão mais ser anunciadas ou vendidas em anúncios no Facebook. Essa mudança ocorreu pois a grandes maioria dessas publicidades são de anúncios ligados à oferta de moedas digitais em esquemas fraudulentos, obrigando a rede social atualizar nesta terça-feira (30/01) sua lista de itens proibidos, banindo todos os anúncios que promovam criptomoedas e initial coin offerings (ICOs).

Essa nova política de anúncios do Facebook afetou rapidamente o mercado global de criptomoedas. No site coinmarketcap.com, que lista a cotação das mais de 1,4 mil moedas digitais, mostrou forte queda de pelo menos um dígito percentual nas principais delas. Bitcoin caiu 7,57% em menos de 24 horas.

A decisão do Facebook é um problema para o mercado de criptomoedas, pois acaba atingindo também anúncios de negócios e operadores legítimos que vendem Bitcoins ou outras moedas digitais de forma legalizada. Essa proibição de anúncios afeta também outras propriedades do Facebook que vendem publicidade, incluindo o Instagram.

Segundo o post no blog oficial do Facebook, a nova política é propositalmente abrangente para que a empresa possa identificar melhor as práticas fraudulentas e que a regulamentação desse tipo de anúncio será revisitada e ajustada com o tempo.