O petróleo digital: Blockchain e Criptomoedas

Ganhe Bitcoin

Ao conhecer o mundo das Criptomoedas você abre uma nova porta da tecnologia que não é fácil de entender no primeiro momento. Uma das primeiras coisas que se ouve falar é o blockchain e como ele está relacionado à mineração de Bitcoin e outas Moedas Digitais.

Blockchain e criptomoedas

Blockchain é a WEB 3.0

A WEB 2.0 é a internet que nos possibilitou a interação online enquanto a WEB 1.0 oferecia conteúdo produzido apenas por empresas, sem a possibilidade de interatividade do usuário. A chamado WEB 3.0 é a internet que pode ler e rastrear informações com base em ações interativas, armazenando dados sobre cadeias de produção, bem como sobre identidades pessoais e preferências individuais. Esse tipo de informação, mantida por empresas que administram as redes interativas, pode ser monetizada e negociada para fins de mercado. Os dados são, portanto, um produto que atualmente é considerado uma espécie de “novo petróleo”.

Blockchain também pode armazenar e ler dados, mas aqui as informações são salvas em blocos conectados ao longo de um sistema complexo descentralizado.

Em vez de pertencerem a Gigantes da Internet, os dados sobre blockchain são mantidos por uma rede de membros de todo o mundo, usando registros criptografados e permitindo que os usuários sejam os proprietários das informações que produzem. Mais do que isso, nos negócios, por exemplo, os sistemas blockchain permitem que os consumidores verifiquem a precedência dos produtos, bem como os vendedores para fornecer informações sobre a cadeia de produção e distribuição de seus produtos. Com um sistema blockchain, as informações sobre a cadeia de produção, envolvendo bens e serviços, ficam disponíveis on-line para as partes consultarem, um procedimento que não é comum nos sistemas de registro habituais.

Embora a tecnologia Blockchain tenha sido criada para operar com Bitcoin, armazenando e validando contratos inteligentes – um protocolo de computador que registra transações confiáveis ​​- a criptografia de mineração é hoje apenas uma aplicação em uma gama de possibilidades oferecida pelos sistemas blockchain. No entanto, com muitas empresas desenvolvendo suas próprias plataformas blockchain, o número de tokens no mercado está crescendo, uma vez que as empresas tendem a criar seus próprios tokens para serem usados ​​em transações nessas “comunidades”.

Essa é a razão pela qual existe um grande número de ativos criptográficos no mercado e por que eles não são permutáveis.

As plataformas Blockchain têm finalidades diferentes, elas pretendem trocar bens e serviços, bem como validar e registrar essas negociações usando os tokens específicos que criaram. Esse processo de validação dos valores trocados é o que chamamos de mineração e o que gera novo dinheiro criptográfico.

Os sistemas Blockchain existem, portanto, com o objetivo de registrar e validar as operações, além de disponibilizá-las on-line para as partes interessadas. Ao validar essas informações, os membros do blockchain recebem taxas, pagas em forma de criptomoeda. Isto significa, em outras palavras, mineração. As moedas criptográficas extraídas neste processo são usadas para negociar bens e serviços com qualquer pessoa que as aceite. Alguns são aceitos somente dentro dos membros da comunidade enquanto outros já atingiram outro nível, espalhando-se para fora dessas comunidades e sendo aceitos em outros lugares, como acontece com o original: Bitcoin.

Bitcoin é o verdadeiro significado de descentralização do dinheiro.

Em termos de criptomoeda, podemos dizer que as comunidades que possuem tecnologia blockchain podem criar seus próprios tokens para fins comerciais, e o blockchain é o sistema por trás dele, armazenando, registrando e disponibilizando dados, enquanto os produtores são capazes de se apropriar de seus dados. Criptomoeda é o resultado desse processo, um valor pago pelos membros que estão disponibilizando essa tecnologia para essa finalidade.

Acompanhe mais nas Redes Sociais:

Facebook fb.com/minerabits
Instagram instagram.com/minerabits
Youtube minerabits.com/youtube
Twitter twitter.com/minerabits

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.