15 motivos para usar Bitcoins

Motivos para usar Bitcoin e Criptomoedas

Você já usa Bitcoin?
Veja os motivos para você começar a Investir e Usar Bitcoin e outras Criptomoedas:

  1. As transações são mais rápidas que outros meios digitais;
  2. As transações são mais baratas do que pagamentos que exigem a intermediação de bancos ou de operadoras de cartão de crédito;
  3. Você mantém os seus próprios Bitcoins, sem precisar confiar em bancos ou governos;
  4. Você garante a sua privacidade dos seus dados pessoais;
  5. Criminosos não tem como roubar as suas informações de pagamento;
  6. Não é uma moeda inflacionária, portanto ela valoriza com o tempo;
  7. Você não precisa confiar em governos ou bancos para que o sistema dê certo;
  8. A segurança da rede é feita pelo poder computacional dos mineradores e pelo registro público Blockchain. É impossível hackear o sistema e é fácil de verificar se ele está funcionando 24h por dia;
  9. Cada vez mais pessoas estão usando, aumentando a valorização e o efeito libertador de rede;
  10. É possível criar uma carteira de Bitcoins sozinho e em poucos segundos, sem precisar entregar suas informações para desconhecidos;
  11. A cada dia que passa, a procura pelo Bitcoin aumenta;
  12. De acordo com o Google Trends, o aumento da quantidade de pesquisas relacionadas com Bitcoins é constante. Da mesma forma, a base de usuários dobra a cada 12 meses;
  13. Já existem 1084 caixas automáticos de Bitcoins no mundo e em 56 países diferentes, mais do que o dobro do que havia no começo de 2016;
  14. Brasil é o 4º maior mercado de Bitcoin do mundo em volume negociado, o negócio está acontecendo, se você ainda não tem Bitcoin, em breve vai ter;
  15. É provável que, a menos que ocorra algum evento extraordinário, a moeda continue sendo adotada cada vez mais nos próximos anos, seja para comércio, especulação ou reserva de valor.
  16. (BÔNUS) Países como Alemanha, Austrália e Japão já reconheceram o Bitcoin como meio de pagamento oficial, assim como dinheiro e cartões de crédito/débito.

Reportagem no Fantástico sobre Bitcoins 25/03/2018

Vídeo Bitcoin Fantástico - 25/03/2018Já vai se acostumando, pois em breve quando você fazer uma comprar o caixa vai perguntar: Gostaria de pagar com Dinheiro, Cartão ou Criptomoeda?

Matéria apresentada pelo Fantástico no domingo, dia 25 de março de 2018, falou novamente sobre o Bitcoin e Criptomoedas. Algo que só era difundido pelos mais íntimos de tecnologia e internet, agora está se popularizando e você vai ter um carteira de Bitcoins e outras Criptomoedas muito em breve.

A moeda que valorizou mais de 1500% só em 2017 está fazendo uma revolução no setor financeiro, pois o Bitcoin também é dinheiro, assim como o real ou o dólar. A principal diferença é que não tem banco central ou governo ligados ao Bitcoin e que é 100% virtual, ou seja, só tem um jeito de comprar, vender e transferir: pela internet.

Confira o vídeo com a matéria completa

Quer saber mais como Investir e Lucrar com Bitcoins? Assista ao vídeo abaixo

Gostei! Quero começar a Inverstir! Pode me ajudar?
Sim! Clica aqui e te explico mais via chat no Whatsapp.

Ranking das 12 criptomoedas para não investir

Piores criptomoedas para investirA agência independente norte-americana Weiss Ratings classificou as principais moedas digitais, criando um ranking de criptomoedas para destacar a potência e confiabilidade das ofertas existentes no mercado digital.

Segundo publicação da Weiss, os investidores devem ter cuidado com as moedas digitais: os investimentos devem ser baixos. Por mais promissoras e propostas revolucionárias que uma moeda pode ser, as chances de surgir uma “Nova Bitcoin” ainda são baixas.

Para classificar o “potencial” das criptomoedas, foram atribuídas notas de A até E, sendo “A” muito forte e “E” muito fraco. Segue abaixo o ranking das 10 piores criptomoedas para você investir, segundo a Agência de Risco Weiss Ratings:

Os 12 piores investimentos em criptomoedas (2018 Q1) em ordem decrescente

  • Auraracoin (D-)
  • Gulden (D-)
  • PotCoin (D-)
  • Rise (D-)
  • Electroneum (E+)
  • Expanse (E)
  • Novacoin (E)
  • Matchpool (E)
  • Quark (E-)
  • SaluS (E-)
  • Magacoin (E-)
  • Comet (E-)

Uma informação importante de lembrar é que a Weiss não lista todas as criptomoedas, logo, essa lista representa as mais fracas dentro das que eles avaliam.

Em janeiro, quando a agência iniciou as primeiras classificações, o Bitcoin recebeu nota C+, ficando atrás de 6 outras criptomoedas, que receberam B+ e B-. Nenhuma recebeu A na época.

Nesta última avaliação, entretanto, o Bitcoin subiu de C+ para B-, embora continue atrás de algumas criptomoedas, como a NEO, por exemplo, que é a única da lista com nota A.

A lista completa do Rankink das melhores e piores moedas digitais é divulgado apenas para assinantes dos relatórios da agência Weiss Ratings.

Acompanhe nossas publicações e em breve estaremos divulgando o Ranking atualizado das piores criptomoedas para investimentos.

Mineração de Bitcoin é pirâmide?

Mineração de Bitcoin e Altcoins

O Bitcoin é dinheiro, assim como o Real, Dólar Euro, etc… e atualmente já é reconhecido como meio de pagamento em vários países, podendo ser usado como moeda de troca para entrar em esquemas fraudulentos. O problema não está no Bitcoin, mas nas pessoas e empresas desonestas que buscam obter vantagens diante da falta de informação das pessoas

No passado, o VOIP (na TelexFree) e o armazenamento em Cloud (Eternyon, Wings Network, etc) foram usados em esquemas PONZI (pirâmide financeira), mas isso não significa que todos os serviços de VOIP ou Cloud são esquema fraudulentos. O problema está na promessa de ficar rico sem precisar fazer nada ou somente recrutando novos investidores, sem entregar algo de valor e que possa ser usado de forma real no dia a dia.

Com o passar dos anos novas tecnologias vão surgindo e os esquemas fique rico rápido vão se inovando também. A maior parte aceita Bitcoins ou inventa mentiras, como por exemplo, dizer que fazem trading, outros falam que usam mineração de Bitcoins. Em alguns casos inventam uma criptomoeda que não tem valor no mercado ou que não existe.

Os novos Esquemas Ponzi ou Esquemas em Pirâmide estão se aproveitando de algumas das vantagens do Bitcoin, como o anonimato, para enganar as vítimas e promovendo fraudes. Torna-se muito mais difícil para as autoridades e a probabilidade das vítimas recuperarem o dinheiro é nula.

Devido ao sucesso do Bitcoin nos últimos anos, além da possibilidade de usar para comprar praticamente qualquer coisa, ele está sendo amplamente usado por investidores para obter lucros com sua valorização. Cada Bitcoin vale uma pequena fortuna e por isso, facilitando atrair vítimas em esquemas de fique rico rápido, interessadas em ganhar dinheiro online a qualquer custo, mesmo sabendo que estarão prejudicando outras pessoas.

O Bitcoin NÂO É FRAUDE, é uma criptomoeda reconhecida por vários países. No entanto, prometer duplicar ou triplicar o dinheiro, sem haver uma maneira real de conseguir isso, pode ser uma possível fraude.

A Mineração de Bitcoin também NÃO É FRAUDE, trata-se de uma atividade legal e muito lucrativa, principalmente em países aonde a energia elétrica é barata como na China, Irlanda e no Paraguai. Já no Brasil, fazer mineração de criptomoedas como o Bitcoin não é tão vantajoso e lucrativo, o alto custo da energia elétrica e as altas taxas de impostos sobre os equipamentos de mineração tornam a atividade inviável em nosso país.

Para aproveitar a oportunidade de mineração de Bitcoin, brasileiros estão montando FARMS (fazendas de mineração) de criptomoedas no Paraguai, aonde a atividade é bastante lucrativa e incentivada pelo governo local. Veja no vídeo abaixo:

Ver no YouTube https://youtu.be/rOpC08-Aams

Para expandir os seus negócios as Mineradora de Bitcoin vendem contratos de mineração. Esses contratos de mineração são locação de máquinas ou fração (Mineração Compartilhada) de HASH POWER (poder de mineração), que geram lucros minerando vários tipos de criptomoedas. Após um determinado período, o investidor recebe o rendimento dessa mineração, pagando somente uma taxa de manutenção do equipamento e energia elétrica consumida.

Os contratos de mineração são muito lucrativo para as Mineradoras de Bitcoin, pois ao vender um contrato elas já pagam o custo do equipamento e após terminar o contrato o cliente ele pode renovar o mesmo, agora com a máquina já paga os lucros são maiores, sendo assim, uma atividade muito lucrativa ao médio e longo prazo para os donos de Mineradoras de Criptomoedas.

Quando for investir em contratos de Mineração de Bitcoin ou Mineração Compartilhada, sempre busque informação com pessoas conhecidas (amigos de confiança, familiares) que já conhecem o mercado e idoneidade de empresas sérias. Todo o cuidado é pouco, porque atualmente é muito fácil criar uma fraude com Bitcoins, bastam alguns minutos na internet para encontrar vários esquemas.